quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

garra

"...às vezes, em muitos momentos da vida, as pessoas vêem-se perdidas, sem razões para estarem onde estão ou por estarem como estão... às vezes, em muitos momentos da vida, o ser humano questiona o porquê do seu sofrimento, a razão pela qual merece ou não merece a desdita que enfrenta... às vezes, muitas vezes, o ser humano duvida do porquê dos muitos porquês que assolam as suas dúvidas... às vezes duvidamos apenas porque não olhamos para o lado e não vemos que outros têm mais razões para duvidarem do que nós...e, sem razão, colocamos o nosso problema como o mais grave de todos quando outros nem sabem que têm um problema porque ele é a sua razão única de ser... às vezes, precisamos apenas de ter "garra", de nos agarrarmos a qualquer coisa, a algo que saibamos ser a solução para o nosso problema... às vezes, bastaria um sorriso e, principalmente, saber amar... saibamos agarrar o Amor como único suporte para a dor que julgamos estar a passar... agarrem o Amor enquanto é tempo... depois, depois pode ser tarde demais... amem... agarrem o Amor... sejam felizes apesar de tudo..."

7 comentários:

Campainha disse...

crescer dói, e amar também, mas não paramos de fazer as duas coisas não é? e ainda bem!

AQUILES disse...

Este é um texto que se agradece por ter sido esrcito.

lobices disse...

Campainha:
...grato pela visita e amáveis palavras
...um bom ano de 2008

lobices disse...

Aquiles:
...obrigado
...um abraço e bom ano de 2008

LNeves disse...

Não sei qual será mais importante ... O Amor com garra, ou a garra para o Amor! Talvez as duas :P

***MUAH***

Sunshine disse...

A vida não é o que esperamos e sonhamos...é o que aparece. A vida só tem valor se amamos mesmo quando o que nos aparece não é aquilo que queríamos.

lobices disse...

L.Neves e Sunshine:
...obrigado pela visita
...um bom 2008
...jinhos